Estação Ecológica de Taiamã

Área 11.200,00ha.
Document area Decreto - 86.061 - 02/06/1981
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1981
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - ESEC de Taiamã

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 MT Cáceres 93.882 11.371 76.571 2.459.303,10 11.599,50
100,00 %
2 MT Poconé 32.768 8.717 23.062 1.716.400,20 11.656,00
100,00 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Savana 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Paraguai Medio 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Pantanal 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2004

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - ESEC de Taiamã

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 05 Conselho 19/01/2004 20/01/2004 Cria o Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Taiamã/MT.  
Instrução Normativa 9 Instrumento de gestão 27/04/2009 28/04/2009 Estabelece restrições à pesca amadora e profissional no entorno da Estação Ecológica de Taiamã, na bacia do rio Paraguai.  
Portaria 19 Conselho 03/04/2008 04/04/2008 Altera a composição do Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Taiamã, órgão integrante da estrutura da referida Unidade de Conservação, criado pela Portaria IBAMA n 5, de 19 de janeiro de 2004. RETIFICAÇÃO Na Portaria no- 19, de 3 de abril de 2008, publicada no Diário Oficial União no- 65, de 4 de abril de 2008, Seção 1, página 84, no art.2 o- , parágrafo único, ONDE SE LÊ: "O Chefe do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães ...", LEIA-SE, "O Chefe da Estação Ecológica de Taiamã ...."e, ONDE SE LÊ: "Art. 4o- ...", LEIA-SE: Art. 3o (DOU 26/06/2008, sec1, pg65)  
Termo s/n Concessão de uso entre órgãos governamentais (CDRU) 16/12/2014 17/12/2014 Termo de Concessão de Direito Real de Uso que entre si celebram o Ministério do Meio Ambiente e o ICMBio para cessão da área da União que compõe a Estação Ecológica de Taimã, totalizando 11.200,00 ha. Prazo indeterminado, sendo regulado pelo Diploma Legal que criou a Estação Ecológica de Taiamã.  
Portaria 515 Instrumento de gestão - plano de manejo 01/08/2017 04/08/2017 Aprova o Plano de Manejo da Estação Ecológica de Taiamã, localizada no Estado de Mato Grosso. (Processo n. 02070.018480/2016-32)  
Decreto 86.061 Criação 02/06/1981 04/06/1981 Cria Estações Ecológicas, e dá outras providências (DOU 04/06/81). A ESEC Taiamã é localizada no Rio Paraguai, na faixa de fronteira, Estado de Mato Grosso, Município de Cáceres. Composta de uma Ilha de 11.200 hectares.  
Outros s/n Alteração de limites 01/07/2018 01/07/2018 O presente documento tem por objetivo apresentar os principais elementos técnicos que nortearam a proposta de criação do Mosaico de unidades de conservação do Pantanal Norte, bem como os critérios utilizados para justificar as poligonais resultantes.  
Portaria 499 Conselho 02/08/2021 06/08/2021 PORTARIA No 499, DE 2 DE AGOSTO DE 2021. Modifica a composição do Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Taiamã, no estado do Mato Grosso (Processo no 02070.001811/2011-91).  
Portaria 321 04/10/1983 -

Documentos de gestão - ESEC de Taiamã

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2017 Aprovado

Características

A Estação Ecológica do Taimã foi criada para preservar o importante ecossistema do Pantanal representado nesta ilha fluvial e propiciar o desenvolvimento de atividades científicas para conservação, em uma área onde se encontra uma das maiores diversidades de fauna do mundo.
A cidade mais próxima à unidade é Cáceres que fica a uma distância de 220 Km da capital. O clima é quente, sendo que a temperatura média máxima é de 34,3° C no mês de setembro, e a média mínima é de 15° C no mês de julho. As chuvas se concentram no verão, com precipitação anual de 1.250 mm. Relevo predominantemente plano, havendo domínio de águas no período das cheias; e nas pequenas elevações há quebra de monotonia da paisagem, existindo ainda depressões que recebem a denominação de "baías".
A ictiofauna é predominante na Estação, destacando-se o dourado, o pacú, o pintado e o jaú. Verifica-se também a presença de jacarés que estão ameaçados pela caça predatória. Várias espécies ameaçadas de extinção como o cervo do pantanal, onça e a anta, bem como jabutis, cobras e mamíferos de médio porte como o bugio e a capivara podem ser encontrados.
O benefício maior com a criação da unidade é o de garantir a reprodução de peixes da região, e assim manter o potencial pesqueiro que favorece comunidades ribeirinhas.
(Fonte: Ibama- www.ibama.gov.br. Acesso: 26/07/07).

Está localizada mais ao norte do Pantanal, é uma área brasileira protegida com 11.200 hectares. Sua região é um berçário para os peixes pois as águas do rio Paraguai ficam bem mais lentas e calmas devido à formação dos meandros (quando o leito do rio fica mais estreito e delicado, dividindo-se em vários canais). No entanto, grandes comboios de barcaças que transportam grãos e minérios, principalmente, estão promovendo alterações nas condições naturais do rio Paraguai, destruindo as matas ciliares e os barrancos, porque não conseguem fazer as curvas e chocam-se contra suas margens.
A Estação Ecológica Taiamã é uma das regiões mais frágeis e delicadas no rio Paraguai, mas continua sendo uma das que mais sofrem com os impactos negativos da navegação comercial.
(Fonte: www.riosvivos.org.br. Acesso em: 14/04/2010).

Vegetação: Apresenta extensos campos graminóides entremeados por manchas mais elevadas de florestas, de porte elevado e pequeno diâmetro, verificando também a presença de matas ciliares no entorno dos rios locais.
Usos Conflitantes: pesca predatória e atividades turísticas descontroladas.
Elaboração do Plano de Manejo programada para 2000/2001.
Possui 100% de sua área regularizada.
(Fonte: IBAMA, abril 2000).

Contato

Contato: Jair Matia

Endereço para Correspondência (Ibama):
Av. Rubens de Mendonça, 5350, Bairro Morada da Serra
CEP: 78055-900 - Cuiabá - MT
Tel: (65) 3648-9100 e 3648-9102
Fax: (65) 3648-9106

Coordenadoria Regional (ICMBio): Eduardo Muccillo Bica de Barcellos
Endereço CR: Caixa Postal 78
CEP: 78195-000 - Chapada dos Guimarães/MT

Notícias

Total de 68 notícias sobre a área protegida ESEC de Taiamã no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.