Estação Ecológica Serra das Araras

Área 28.700,00ha.
Document area Decreto - 87.222 - 31/05/1982
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1982
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - ESEC Serra das Araras

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 MT Cáceres 93.882 11.371 76.571 2.459.303,10 848,27
3,02 %
2 MT Porto Estrela 3.050 2.183 1.466 205.732,70 27.285,84
96,98 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Savana 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Paraguai Alto 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Cerrado 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2011

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - ESEC Serra das Araras

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Portaria 107 Conselho 22/12/2011 23/12/2011 Cria o Conselho Consultivo da Estação Ecológica Serra das Araras, com a finalidade de contribuir com ações voltadas ao efetivo cumprimento dos seus objetivos de criação e implementação do Plano de Manejo da Unidade.  
Portaria 97 Conselho 15/09/2014 16/09/2014 Modifica a composição do Conselho Consultivo da Estação Ecológica Serra das Ara- ras no Estado de Mato Grosso  
Portaria 87 Instrumento de gestão - plano de manejo 26/08/2016 31/08/2016 Aprova o Plano de Manejo da Estação Ecológica da Serra das Araras, Localizada no estado do Mato Grosso. (Processo no 0 2 0 7 0 . 0 0 11 0 9 / 2 0 1 2 - 1 6 )  
Decreto 87.222 Criação 31/05/1982 01/06/1982 Cria as Estações Ecológicas do Seridó, Serra das Araras, Guaraqueçaba, Caracaraí e dá outras providências. A ESEC Serra das Araras é localizada no Estado do Mato Grosso e é composta de duas áreas contíguas (uma com 24.790 hectares e outra com 3.910 hectares) no total de 28.700 hectares.  

Documentos de gestão - ESEC Serra das Araras

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2016 Aprovado Agosto de 2016, ver situação jurídica

Características

Histórico de Criação
A Estação Ecológica Serra das Araras, unidade de conservação federal da categoria de proteção integral, foi criada pelo decreto 87.222, de 31 de maio de 1982, que criou as Estações Ecológicas do Seridó, Serra das Araras, Guarequeçaba, Caracaraí e trouxe providências. A Esec Serra das Araras ocupa atualmente cerca de 28 mil hectares de Cerrado no sudoeste do Mato Grosso, nas cidades de Porto Estrela e Cáceres.

Comporta importante valor histórico-cultural para as populações residentes no seu entorno, preserva as cabeceiras dos principais afluentes do Rio Salobro, principal curso de água que abastece diversas comunidades tradicionais no seu entorno. Abriga inscrições rupestres testemunhos de antigas populações e é um local de aprendizado, contato e contemplação à natureza pelos membros das inúmeras instituições de ensino que visitaram, visitam e visitarão a unidade de conservação em atividades de educação conservacionista e ambiental.

strong>Características Ambientais
Vegetação
A região da Província Serrana, onde está inserida a Esec da Serra das Araras, é considerada uma ecorregião do bioma Cerrado botanicamente desconhecida, isto porque até recentemente não existiam muitas coletas realizadas nesta ecorregião e as existentes, na maioria dos casos, são de plantas com ampla distribuição no bioma.

Fauna
Segundo o Plano de Manejo (2016), para caracterização e análise do componente faunístico na região da Esec da Serra das Araras foram abordados somente vertebrados: Peixes, Anfíbios, Répteis, Aves e Mamíferos. Apenas para Mamíferos não foram realizados levantamentos específicos para o Plano de Manejo, pelo fato de já existirem informações sobre o grupo. Devido a sua alta riqueza faunística, presença de espécies raras e ameaçadas de extinção e também devido a sua localização biogeográfica, a Esec da Serra das Araras é uma das UC de grande importância para a preservação de mamíferos no Cerrado.

Geologia
A região da Esec é composta por unidades litoestratigráficas da Formação Pantanal (formada no Pleistoceno), localizada nas planícies aluvionares. As unidades formadas no Neoproterozóico foram a Província Serrana, que corresponde à estruturação com sequência dobrada e falhada, cujo relevo corresponde a cristas paralelas e o Grupo Cuiabá, cuja estruturação corresponde à sequência dobrada e falhada, com relevo arrasado.

Hidrografia
A principal bacia hidrográfica presente na Estação Ecológica da Serra das Araras é a do Rio Salobro, uma das nove bacias que compõem a Bacia do Paraguai/Jauquara. Localizada na margem esquerda do rio Paraguai, o Salobro nasce no interior da unidade de conservação.

Clima
A região na qual se localiza a Esec da Serra das Araras abrange tipos climáticos marcantemente continentais, em vista da grande distância em relação ao oceano Atlântico (cerca de 1.500km). Na classificação de Köppen, predomina o tipo climático Aw, do sub-tipo megatérmico, correspondente ao clima quente, úmido e chuvoso no verão e seco no inverno. As variações são ditadas basicamente pelo relevo.

Pressões e Ameaças
De acordo com o Plano de Manejo (2016), o principal problema enfrentado pela UC é o grande potencial de incêndios florestais, apesar da diminuição de focos de calor nos últimos anos, resultante de um trabalho intensivo realizado anualmente, que engloba monitoramento, prevenção e combate. De acordo com os dados do histórico de ocorrência dos incêndios florestais na UC e dos focos de calor detectados é possível determinar os locais de maior risco de incêndios. As condições de relevo montanhoso e a vegetação suscetível (cerrado) dificultam os combates nestes locais.

Além disso, na província espeleológica do Alto Paraguai-Araguaia notou-se, nos últimos cinco anos, um crescente aumento da pressão sobre os recursos naturais, sobretudo a implantação de empresas de extração de calcário, sem ressaltar os requerimentos já efetuados ao Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM. Este cenário pode comprometer a conectividade da UC com outras áreas e deve ser monitorado adequadamente.

Referências:
1. Plano de Manejo (2016) - Estação Ecológica Serra das Araras. Disponível em: https://documentacao.socioambiental.org/ato_normativo/UC/2484_20170123_170740.pdf. Acesso em 24/08/2020.

Contato

Coordenadoria Regional (ICMBio): Eduardo Muccillo Bica de Barcellos
Endereço CR: Caixa Postal 78
CEP: 78195-000 - Chapada dos Guimarães/MT

Notícias

Total de 38 notícias sobre a área protegida ESEC Serra das Araras no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.